Identidade de gênero não se limita aos cromossomos

Posted on junho 22, 2013. Filed under: transexualidade | Tags:, |

Gostaria de retomar este Blog com uma notícia que lí recentemente na folha de São Paulo .
Danann Tyler, tem 10 anos e apesar de ter nascido com os cromossomos xy, se sente e se expressa como uma garota desde seus 2 anos de idade. Este exemplo põe em cheque a primazia dos cromossomos na determinação dos sentimentos em relação ao gênero. A transexualidade problematiza a uniformidade ao incluir a diversidade como possibilidade de existência. O dilema ,ao meu ver, é como a família deve se posicionar para assegurar, ou pelo menos possibilitar, que esta criança se desenvolva da melhor forma possível. Gostaria de ouvir outras opiniões.

Para mais informações vejam o link

http://folha.com/no1294787

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: